Review | Mildeen – Óleo de Argan

Quem já gastou balúrdios em produtos para o cabelo e nunca deram em nada? Falo por mim, que estou farta de gastar dinheiro e quase nunca resolvem os meus problemas. Desta vez trago o óleo de argan da marca Mildeen, uma marca que está disponível no Aldi. Sei que muitas pessoas não conhecem, ou não têm um Aldi perto, mas sendo vegetariana é o sitio onde mais gosto de fazer compras e tem mais variedade.
Numa pequena pesquisa, podemos saber que a marca não testa em animais, e muitos dos produtos estão isentos de origem animal que é o caso deste.

 

O que posso dizer acerca deste óleo? É milagroso. A tinta deixa o cabelo sequíssimo ao fim de algum tempo e esta é a minha salvação para um cabelo cuidado e hidratado. Já experimentei com as pontas espigadas e reduz significativamente, também noto que os “cabelos bebés” ficam mais controlados.
Aplico por duas vezes, uma logo a seguir ao banho no cabelo todo e coloco a toalha, outra passado 15/20 minutos só nas pontas. Não é necessário colocar uma grande quantidade, basta 5 ou 6 gotas, espalhando pelas mãos e massajar em todo o cabelo. Por vezes nas pontas aplico directamente e massajo. Pode ser colocado tanto no cabelo húmido, como no cabelo seco e o cheiro é maravilhoso.
É de referir que não fica oleoso e absorve imediatamente! Que espectáculo.

Este óleo é sazonal, ou seja, só está à venda em certas alturas. Eu comprei à quase à um ano e desde então já vi à venda mais um vez. Alguns dos ingredientes são Cyclopenta Siloxane, Argania Spinosa, Kernel Oil, Alcohol, Limonene e por aí fora. Esta gama da Mildeen – Med tem outros produtos, por exemplo um creme de noite que também é maravilhoso e deixa a pele “pronta” para o dia.

Como disse, já o comprei algum tempo e o preço foi ao estupidamente mínimo, talvez 1,99€ ou 2,99€ já não me lembro ao certo, mas dá para ver que por vezes acertamos nas pechinchas e que não é necessário gastar imenso dinheiro.

O que acharam do óleo? Eras capaz de o comprar?

Reader Interactions

Comments

  1. Ricardo Rodrigues says

    A questão aqui é que o óleo de argão nesse produto está numa quantidade quase residual. Só está aí mesmo para "suportar" o marketing do produto e não tanto pelas suas propriedades. O que hidrata verdadeiramente nesse óleo é o ciclopentasiloxano que é um silicone e todos os silicones são altamente nutritivos, pois formam uma película na haste capilar e evita a sua desidratação 😉 Foi mais nesse sentido que deixei o comentário! Beijinhos

  2. Daniela Santos says

    Sim eu percebi 🙂 Tudo o que contém um nome na verdade não é, como disseste é o marketing. Mas estes produtos são sempre assim. O silicone está presente em quase todo o lado, infelizmente.
    Mas foi a primeira vez que coloquei os ingredientes mesmo por causa disso 😀
    Beijinhos

  3. Ricardo Rodrigues says

    Mas olha que há produtos com 100% óleo de argão. Mais caros que o que referes, é um facto. Na Expocosmética encontrei um (não me lembro da marca) em que o óleo de argão era o primeiro ingrediente da formaulação logo, o mais concentrado. Esse, sim, valia a pena, mas um frasco de 100 ml ficava por 9€.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

↑ Top of Page
%d bloggers like this: