IMPLANTE HORMONAL – um mês depois

Às vezes existem artigos em que pensamos duas vezes antes de publicar. Pedi também a vossa opinião no instagram se gostavam de ver ler um post sobre o implante hormonal e mais da maioria disse que sim. Decidi sentar-me no fundo da cama e contar a minha experiência/opinião sobre este assunto.

Vamos começar do zero

Desde dos quinze anos se não estou em erro tomava a pílula Diane 35 como muitas outras raparigas. Esta pílula tinha a “promessa” de controlar o acne, mas no meu caso descontrolava o humor e tinha muitas dores de cabeça. Na altura em que deixei de toma-la o tuquinha nasceu (tcharammm). Durante a gravidez pesquisei bastante sobre métodos contraceptivos e estava bastante virada para colocar o diu. Acontece que a minha pesquisa levou-me a perceber que o diu de cobre poderá ser um método abortivo (será que podemos chamar assim?) porque o óvulo pode ser fecundado e o diu irá “irritar” as paredes do útero para não “seguir em frente”, logo existe um aborto. Eu sou a favor do aborto, mas neste caso não estava a confiante de utilizar este método. Com o tempo o médico de família receito-me a pílula da “amamentação”. Esta pílula só contém progestagénio.

Em conversa com a enfermeira do tuquinha, referia várias vezes que esquecia-me de tomar a pílula e nunca conseguia à mesma hora. Ela disse-me para investigar melhor o Implante hormonal e assim foi.

O que é o implante hormonal?

É um método contraceptivo hormonal de longa duração (de três anos) que é colocado no braço sob a pele. Pode ser utilizado durante amamentação porque contém apenas progestagénio tal como a pílula que referi por ultimo. Pode ser utilizado em qualquer idade independentemente se existe filhos ou não. Como contém progestagénio ocorre a inibição da ovulação, logo não é possível existir fecundação. Tem 99% de eficácia.

Como foi colocar?

Pela primeira vez fui fazer uma coisa sem pesquisar o procedimento porque estava com muito receio. Quem o colocou foi uma enfermeira especializada na colocação, no meu centro de saúde. Por isso foi bastante tranquilo saber que estava em boas mãos. Foi com anestesia local e o aparelho metia respeito. Mas deixo aqui um vídeo para vocês verem. Ao colocar não doeu nada, porque lá está tinha anestesia, mas ao fim de algumas horas existia um desconforto. O implante tem o tamanho aproximado de três dedos.

Durante dois dias não podia fazer esforços com o braço, por isso com um bebé não é tarefa fácil. A enfermeira avisou que ficaria negro durante alguns dias (durou aproximadamente uma semana) e até o corpo se habituar quinze dias (e assim foi). Como foi no centro de saúde não paguei nada, mas fiquei à espera durante um mês.

 

Ao fim de um mês

Ao fim de um mês, a minha vida continua andar (risos). Não notei nenhuma diferença e já não existe aquele incomodo. Ainda tenho a cicatriz do local onde entrou o implante, mas não posso dizer se é normal ou não. A minha pele para cicatrizar é horrível. Já posso tocar nele sem sentir nenhuma dor, por isso so far so good.

Caso queiram procurar mais informações sobre os métodos contraceptivos existe este site português com imensa informação.

 

45 Comments

  1. Adorei! Acho mega importante falar-se sobre este tipo de temas e fizeste-o super bem. Sinceramente não tinha coragem para o fazer ahaha. Sou terrível a cicatrizar e qualquer coisinha (como um simples piercing) dá logo inflamação.
    Fico contente que estejas contente com os resultados!

    Um beijinho*

    1. Muito obrigada minha querida <3
      Claro que tinhas coragem e por mim deverias falar daquele assunto 😀 Acredito

      Beijinho <3

  2. Eu coloquei o DIU porque não queria nada hormonal. Tenho problemas de tiróide e já tomo hormonas para a manter sob controlo. Não me apetecia tomar mais coisas extra, tendo alternativas. Já passou um ano e meio, e tem os seus prós e contras. Até à data não tive problemas de maior. Antes disso já tomei vários tipos de pílulas. E o nosso primeiro filho também nasceu quando decidi fazer uma pausa na pílula e procurar outras soluções. Pronto, a solução foi engravidar, assim por uns meses não me tinha de preocupar. (Estou a brincar! Fiquei grávida, porque andámos à chuva sem chapéu! rsrsrsrs)
    Este tipo de post são difíceis de escrever, pois abordam a nossa intimidade. Mas são imensamente úteis, pois nem todas nós temos coragem de os escrever, embora precisamos deles.
    Beijinhos digitais

    1. Compreendo, porque estes métodos são hormonais. Ahahaha, lá está quem anda à chuva apanha molha :b
      Ainda bem que gostaste do post 😀

      Beijinhos

  3. Gabo-te a coragem.
    Depois de, numa formação sobre educação sexual, ter visto a agulha, nunca conseguiria fazer tal coisa. Muito importante este tipo de assunto “vir à baila”, afinal a falta de conhecimento ainda é muita…

    1. Eu por acaso nunca tinha visto porque se não tinha acontecido o mesmo ahaha
      Eu tento apenas mostrar o meu lado e espero que ajude alguém 😀

      Beijinhos

  4. É um assunto que deve ser abordado no entanto ainda não vi grandes opiniões sobre isso de quem já colocou. Confesso que me faz alguma impressão meter uma cena dentro do braço e andar com aquilo assim lá dentro, teria que ponderar muito para me decidir por algo assim. No entanto as opiniões de quem tem servem para muitas vezes formarmos a nossa própria opinião pelo assunto por isso obrigada pela partilha!

    Beijinhos
    https://traveltipsandlifestyle.blogspot.pt/

    1. Ao contrário dos produtos e afins eu costumo dizer nos comentários que recomendo, aqui não o posso fazer porque tem que ser a decisão de casa uma :DSe ajudar alguém melhor ainda, mas não quero influenciar e nada 😀

      beijinhos,
      DEZASSETE

  5. Acho que fizeste muito bem em falar, há muitas jovens que “aprendem” com a experiência dos outros.
    Realmente é muito chato ter de tomar a pílula todos os dias à mesma hora, então para as teenagers inconscientes, acho que é o melhor método. Apesar disso devem ter sempre em consideração a protecção com preservativo se não conhecerem bem o parceiro. Não é só evitar uma gravidez indesejada mas também a preservação da nossa saúde.
    Beijinhos

    marisasclosetblog.com

    1. Claro que sim, mas nem abordei esse tema. A recomendação é sempre utilizar o preservativo. Eu como sou uma teenagers inconscientes por causa das horas decidi colocar este ahaha

      Beijinhos

  6. Acho importante este tipo de textos para informar e mostrar o exemplo.
    Só quero acrescentar (e respondendo à tua pergunta) os DIU (incluindo os de cobre) não são métodos abortivos e a principal forma de atuação é mesmo impedir o espermatozóide de chegar ao óvulo (o que pode em casos extremamente raros acontecer) – ou seja, não há fertilização.
    É realmente um mito que deve ser desmistificado.
    » https://www.huffingtonpost.com/entry/how-iuds-work-iud-not-abortion_us_565dd057e4b08e945feca2a2
    » https://www.bustle.com/articles/144818-the-one-thing-nobody-tells-you-about-the-copper-iud

    1. Como falamos por mensagem essa situação com o DIU não é um mito porque acontece realmente, apesar de ser pouquíssimas vezes. O SIU como é hormonal acaba por fazer o mesmo efeito que este implante (palavras ditas por enfermeiras e médicos).
      Ainda bem que achas importante querida 😀 Como te disse é bom dar a nossa opinião <3

      Beijinhos

  7. Sinto que vou repetir um pouquinho a ideia partilhada em muitos dos comentários, mas acho mesmo importante que tenhas falado deste assunto. Porque ainda há muita falta de conhecimento sobre ele. Assim, é uma forma de sabermos melhor do que se trata, além de que temos um testemunho fundamentado 🙂
    Conheço duas pessoas que também colocaram e os primeiros tempos foram bastante incomodativos

    Beijinho grande*

    1. Nao podia estar mais de acordo ctg, querida Andreia, o nosso organismo demora o seu tempo a ambientar-se a estas coisas, o tempo e o nosso maior aliado 🙂

    2. Pronto lá este, isto é como em tudo, nem sempre as coisas funcionam com todas as pessoas. Conheço pessoas próximas que tiveram de tirar porque lá está, não se deram bem :b
      Mas ainda bem que achas importante <3

      Beijinhos

    1. Ele acaba por desregular por ter apenas progestagénio (palavras da enfermeira), mas lá está desde que engravidei ainda não tive um ciclo completo de período e existem meses que não tenho :b
      Em principio farei um muito mais lá para frente (se calhar um ano) 😀

      Beijinhos

  8. Fui das que votou sim para esta review acontecer, tinha imensa curiosidade de saber o feedback de alguém que colocou implante.
    Eu sou a maior esquecida no que toca a tomar a pílula, nunca é a mesma hora, às vezes tenho de tomar as duas porque me esqueci, enfim um drama. E andava a pesquisar alternativas, o diu fez-me confusão porque, sinceramente, não queria um pedaço de cobre dentro de mim mas, o implante parece uma alternativa óptima.

    Continua com este tipo de posts informativos, sobre temáticas que nunca lemos nos blogues, é uma das coisas que te torna diferente! 🙂

    beijinho

    1. O conselho que te posso dar é marcares uma consulta com o médico de familia ou com uma enfermeira e esclareceres bem as tuas dúvidas. Também existe sempre o diu hormonal (SIU) esse não sei se é à mesma com cobre o:Como disse à catia muito mais lá para a frente irei fazer um post sobre o que achei, não sei se esperas tanto tempo mas xD
      Muito muito obrigada minha querida!

      Beijinhos <3

  9. Eu já tive, e gostei bastante! Colocação fácil (para mim foi), não permite esquecimentos e ainda tive o beneficio de ficar em amenorreia ou menstruações muito curtas (siiim, confessemos que estar menstruada é sempre uma dor de cabeça!). O único senão é que por esta irregularidade menstrual nunca sabia ao certo quando é que ele poderia aparecer, pelo que pelo sim pelo não tinha que andar sempre prevenida!

    Passaram os 3 anos de validade e decidi não re-colocar, apenas porque entretanto penso ter a “minha tuquinha ou tuquinho ” :p

    By Tatiana*

    1. Para mim o período é uma grande dor de cabeça e desde que tive o tuquinha tem sido um espectáculo ahaha. Desejo-te muito sorte e acredito que estará para breve 😀 Depois vai dando novidades

      Beijinhos

  10. Olha confesso que sabia muito pouco sobre este método! E acho ótimo partilhares por aqui a tua experiência. Espero que continue a correr tudo bem <3
    Beijinhos

  11. Eu tenho já há mais de 3 anos, tenho de o ir tirar (até porque adorava ser mamã)! Ando a adiar porque sou maricas, apesar de me lembrar que na altura não custou assim tanto…
    Há muitas meninas que se dão mal com o implante mas comigo foi tudo muito pacífico, não tive grandes alterações hormonais e tive até quase 1 ano em que não tive período. Ao ínicio assustei-me de morte, mas a verdade é que pode acontecer e eu sentia sempre certinho, na mesma altura do mês, todos os sintomas do período (peito inchado, um pouco de dor na zona dos rins, uma ou outra borbulhita) tirando o sangue. Foi uma altura maravilhosa! Super recomendo o implante!

    1. Por acaso ainda só passou um mesinho por aqui e a única opinião que tenho foi sobre a cicatrização :b Penso que comigo também será tudo muito pacífico, aliás até agora está tudo bem :b

      Beijinhos,
      DEZASSETE

  12. Essa pilula e horrivel e ja causou mortes… 🙁 Sofro de SOP e desde os meus 18 que sempre tomei pilulas, infelizmente, o que fez com que eu so conseguisse ser mae aos 39 e com auda da ciencia. Fui operada em Fevereiro para retirar um cisto de 9 cms do ovario esquerdo e colocar o DIU que para mim e dos melhores metodos contraceptivos de sempre, que me dera q mo tivessem colocado qd me foi diagnosticada a doenca.
    Bjinhos

    1. Esta tal e qual como as restante já causou mortes, assim como tudo :b Espero que agora esteja tudo bem contigo é isso que desejo 😀

      Beijinhos

  13. Ainda existe muita coisa ruim sobre o DIU em pesquisas na internet… nao podemos pensar nele como um metodo abortivo pois e dos metodos mais infaliveis de sempre com 99% de eficacia 🙂 tenho uma grande amiga que usou e mal tirou aos 38 anos engravidou 😉

    1. Eles são todos os mais mais infalíveis, não é por aí :b Quando ao método abortivo, apenas PODERÁ acontecer em algumas ocasiões, isto é, não acontece sempre 😀
      Aliás nem foi pesquisas na internet foram palavras médicas 😀

      Beijinhos

      1. Pois eu tambem ja ouvi muita coisa da boca dos medicos mas felizmente nos ultimos tempos tive a sorte de encontrar excelentes profisionais que me esclareceram dos beneficios do DIU 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: