DIFERENÇAS ENTRE ESFOLIANTES

Sou daquelas pessoas que não dispensa de um bom esfoliante para cara e para ser sincera já experimentei vários. Existe em forma de gel, serum, loção, creme e cada um deve ser escolhido conforme o tipo de pele que cada um de nós tem. No inicio das minhas tentativas de cuidado com a pele usava da Garnier ou da Clean & Clear em que o efeito era nulo, depois passei para Yves Rocher no qual melhorou um pouco, da oriflame idem aspas. Contudo o pico máximo foi quando encontrei o da The Body Shop.

Mas para que serve a esfoliação?

A esfoliante serve para limpar a pele, retirando o excesso de sebo, células mortas e/ou resíduos. Uso regular dá uma aparência de uma pele mais fina e limpa. Reduz a oleosidade e a mim, que tenho a pele mista oleosa dá também a sensação de frescura graças aos seus ingredientes.

Uma das minhas ultimas experiências foi um esfoliante da primark para peles mistas oleosas, com tea tree (árvore do chá) e com Witch Hazel. Confesso que Witch Hazel era um ingrediente que não conhecia na altura em que comprei. Depois de procurar na internet li que é um ingrediente com muitos benefícios. Bom para o acne, ajuda na diminuição dos poros, tem propriedades inflamatórias e por ai adiante. Contudo, quanto ao esfoliante, confesso que não foi dos meus preferidos nem de perto.

Em comparação com o meu amor da The Body Shop, o de Tea tree, consegue ser máscara, para esfoliar e para purificar. Além da famosa arvore do chá, tem também argila de Caulim e Perlite. Pode ser usado como gel de limpeza que consegue remover as impurezas e a oleosidade. Como máscara facial que purifica a pele. Como esfoliante que remove as células mortas e suaviza a textura da pele. Também consegue reduzir o sebo em que dá uma sensação tão refrescante e de pele bem limpa. Antes do banho costumo colocar sobre e deixo actuar durante três minutos. Mais ou menos o tempo de preparar as coisas. Durante o banho, com cuidado faço movimentos circulares na cara de forma a esfoliar e limpar melhor.

A diferença entre eles?

Para começar a diferença está no preço, enquanto a primark consegue ser por volta de três euros, o da The Body Shop ultrapassa um pouco os 10€. São dois produtos NÃO testados em ANIMAIS e com alguns ingredientes parecidos. Contudo a textura e a finalidade acaba por ser um pouco diferente

A textura do esfoliante da Primark é mais cremoso e com isso noto que não esfolia com a mesma eficácia. O cheiro para mim é outro ponto que menos gosto. Tem um cheiro muito intenso e apesar de não ficar na pele, para mim torna-se um pouco incomodativo quando utilizo. O esfoliante da The Body Shop tem como ponto positivo as suas “multi-funcionalidade” (risos), mas também a diferença que faz depois do seu uso e a espessura. Como na minha opinião tem mais grãos que o outro só o utilizo duas vezes por semana, por o achar um pouco abrasivo para a minha pele.

Neste momento não encontrei nada mais barato que faça as mesmas coisas que o da The Body Shop e que não seja testado em animais, por isso prefiro dar um pouco mais de dinheiro e ter algo bom e que seja um produto que renda. Por isso o meu feedback quando a este produto tem sido muito positivo e mencionado em vários lados.

E para vocês, qual os melhores esfoliantes?

Reader Interactions

Comments

  1. Raquel Pereira says

    Amo a BodyShop. Por acaso houve uma altura (antes do casamento) em que usava mil e um produtos para a cara e para o corpo, incluindo um esfoliante mas agora dá-me a sensação que a minha pele estabilizou e que se mantém limpa e hidratada (sempre com o creme da BodyShop, a minha salvação) o que é um alívio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

↑ Top of Page
%d bloggers like this: