COMO SER UMA PESSOA PRODUTIVA

Desde que começaram a surgir mais projectos, mais eventos e tarefas, tive que começar a organizar o meu dia para ser mais produtiva. Sendo uma pessoa extremamente preguiçosa foi necessário dar uma volta 360. Não é tarefa fácil tentar arranjar o melhor calendário, agenda ou forma de organizar. Mas também temos que pensar que não é tão complicado como julgamos.

Neste momento já consigo aceitar com mais facilidade que com uma criança em casa torna-se bem difícil conseguir ser produtiva. Coisa que não conseguia pensar assim no inicio. Estava sempre a pensar que não era boa o suficiente e que não iria conseguir cumprir os objectivos e isso deu-me uma desmotivação gigante. Não posso comprar um dia em que o Tuquinha passe com o avô com os restantes dias em que ele está comigo, o nível de produtividade diminui imenso.

Trabalhando em casa, na minha opinião torna-se muito mais desgastante. Tenho que fazer os projetos para a minha “empresa”, tomar conta do Tuquinha, arrumar a casa, fazer isto e aquilo. No final do dia, vou para o meu segundo emprego. Por isso claro a organização tem um papel muito importante para aumentar a minha produtividade.

Mas o que podemos fazer para melhor a organização do nosso dia-a-dia?

Definir o que realmente fazer nesse dia. Eu gosto sempre de começar o dia a pensar e planear o que vou fazer. Há quem faça na noite anterior, eu prefiro logo de manhã para ter uma estimativa do restante dia. Faz-me realmente perceber se aquela função é importante, se surgiram coisas novas ou problemas para resolver.

Saber os momentos em que são mais produtivos. Existem pessoas que são tão produtivas à noite e outras que são de manhã. Eu por exemplo sei que sou bastante produtiva à noite, contudo com o filhote tive que mudar. Na minha opinião não importa se dormem até tarde, ou se acordam bastante cedo. Temos que estar realmente confortáveis com a nossa posição e com o que fazemos. Não é fácil por vezes dar a entender que acordar cedo significa produtividade, ou que ficar até tarde também irá acontecer o mesmo.

Agendar, agendar, agendar. Eu agendo tudo o que tenho para fazer, até mesmo se for para ir às compras. Além de eventualmente esquecer-me, assim é uma maneira de não preencher em demasia o dia. Agendo para primeiro lugar as coisas mais importantes, depois de tudo feito passo então para as de segundo plano. Assim evito deixar para o dia seguinte o que é realmente necessário fazer.

No inicio não queria entrar muito no digital, preferia mais o papel

Aplicações, calendários, bloco de notas. No inicio não queria entrar muito no digital, preferia mais o papel. A verdade é que andar de um lado para o outro dá sempre jeito apontar primeiro no telemóvel e depois então passar para o papel. Quanto às aplicações, utilizo uma que até agora foi a que mais me surpreendeu que se chama Todoist. Há para Android e IOS e neste momento tenho instalado no meu computador. Consigo sincronizar com o telemóvel, porque é necessário fazer uma conta, mas conseguem entrar com o google. É parecido com o método Bullet Journal e dá para organizar por categorias. Também se recebe mail com o que existe para fazer ou com as coisas que estão em atraso.

Saber dizer que não. Tarefas em excesso também acabam por prejudicar. Por vezes é preferível ter menos trabalho e saber lidar com tudo do que muitos e não conseguir terminar dentro dos prazos. Também costumo organizar por ordem de “chegada”, ou seja, começo sempre os trabalhos uns a seguir aos outros e não salto de projecto em projecto. Estipular prazos também é uma coisa essencial para conseguirmos manter a produtividade.

Desligar a televisão e o telemóvel, ouvir musica, não pensar “na morte da bezerra” são também daquelas pequenas dicas que ouvimos desde do inicio das nossas vidas (risos). Coisas tão insignificantes que fazem uma diferença tão grande!

Estas são algumas das fórmulas que utilizo para tentar ser ao máximo produtiva no meu dia-a-dia. E vocês têm alguma dica para acrescentar?

 

3 Comments

  1. Mais ainda do que fazer as coisas, a minha luta sempre foi a organização das tarefas. Criar uma ordem para cada coisa e conseguir chegar a tudo.
    Acho que agora já estou melhor, mas também já aceitei que não sou pessoa de ter uma disciplina militar e que vou desviar-me dos planos às vezes.
    Eu uso uma app que se chama COZI e não posso deixar de recomendar. Calendário individual, familiar, com listas de coisas a fazer, coisas a comprar, arquivo de receitas…um mundo! Escrevi sobre ela no blog, se tiveres interesse podes ver aqui: https://acasadella.wordpress.com/2018/03/02/cozi-calendario-e-agenda-familiar/.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: