TRAVEL

O MELHOR RESTAURANTE VEGETARIANO EM FÁTIMA | KANSHA

Sou um pouco suspeita no que toca a este post, contudo não podia deixar passar em branco esta maravilha por aqui no blog. Como sabem, Fátima tem um lugar especial no meu coração. Foi onde o Tuquinha nasceu, onde criei o blog e onde é fácil ser vegetariana. Não é que agora deixei de o ser, mas é um pouco difícil encontrar boas alternativas. O kansha abriu pouco antes de sair de lá, contudo tento sempre matar saudades!

kansha significa gratidão em japonês

O kansha (que significa gratidão em japonês), é um restaurante vegetariano situado em Fátima e basicamente resume-se a isso tudo. Amor, gratidão, sabor e paixão. O kansha abriu à mais de um ano e já foi noticia em vários sites e blogs. Em todos eles referem a mesma coisa: a simpatia, a comida saudável e deliciosa. Não são apenas almoços, mas também existe o leque variado para o restante dia. Também costumam fazer os jantares temáticos, onde já comi francesia vegan por duas vezes e foi divinal! A Sofia e o Pedro são as pessoas mais carinhosas e calorosas que conheço e é um dos pontos que me faz sempre lá voltar. São preocupados com a satisfação do cliente e têm sempre atenção de perguntar se está tudo bem, se estamos a gostar.

Verdade seja dita a todos vocês, mas o grande problema é que eu o bu damos prejuízo à casa (risos). Isto porque, não somos os tópicos vegetarianos que comem pouco. Nós comemos muito, ou seja escolhemos o prato maior. Para quem come pouco existe sempre a opção mais pequena. Neste dia a ementa foi:

  • Cogumelos à moda do Porto
  • Empadão de seitan e polenta
  • Salada de frutos secos e outras
  • Folhados
  • Sopa de feijão verde
  • Infusão

já experimentamos fazer cá em casa

Depois de comer o empadão com polenta, experimentamos fazer cá em casa. Contudo o resultado foi desastroso, mas não vamos desistir. A única coisa que não comi foi a sopa, mas o bu comeu e estava deliciosa! Tudo estava saboroso e é bom provar pratos diferentes feitos por pessoas que sabem e colocam amor na comida.

A sobremesa, santo deus, estava a sorrir para mim por isso está claro a minha falta de profissionalismo na foto. Contudo foi de comer e chorar por mais. Em termos de localização é bastante fácil de lá chegar, até para mim que sou horrível com orientação (risos). Tem estacionamento e tem supermercado perto. No Kansha tem cadeiras de refeição para crianças e também espaço para brincarem, por isso podem estar à vontade com as crianças. Além do mais as refeições são adequadas para os mais novos. É bom ver que cada vez mais, as pessoas têm curiosidade em experimentar comida diferente e aderir aos vegetarianismo.

Kansha, é sem dúvida dos melhores restaurantes vegetarianos.

CONHECER VILA DE REI

Finalmente fomos passar um fim de semana fora e escolhemos Vila de Rei. Não só porque é perto de casa se fosse preciso alguma coisa, mas também porque tínhamos um voucher para usufruir. Vila de Rei é uma vila que pertence ao distrito de Castelo Branco e fica a 50 minutos do Entroncamento.  Apesar de ser uma vila no centro de Portugal tem imensas coisas para descobrir e fazer. Assim que chegamos decidimos ir primeiro ao Hotel Vila de Rei fazer o check-in e deixar as malas para estarmos mais à vontade. A verdade é que já conhecia um pouco do hotel por ter fotografado e gostei do espaço.

O Hotel Vila de Rei está situado no centro de Portugal em plena zona do Pinhal Interior Sul. Encontra-se o Centro Geodésico de Portugal Continental. No alto da Serra da Melriça pode ver-se um marco com cerca de 20 metros de altura. Denominado de “Picoto” que assinala o Centro de Portugal ao nível de coordenadas geodésicas. O Hotel Vila de Rei, é a maior unidade hoteleira do concelho, com 33 camas, divididas por 16 quartos duplos e um quarto individual.”

Read More

ISTO É LOUSÃ

A Lousã foi dos primeiros sítios que conheci desde que estou com o Bu. Em tempos já foi a casa dele, quando era mais pequeno. Desde então presenteou-me com esta beldade. Quando vamos a caminho, os sítios por onde passamos são tranquilos e fáceis de fazer. Como é o caso de Ferreira do Zêzere, Cumeeira, Miranda do Corvo. Tentamos ir sempre pelo menos uma vez por ano e todos anos existe algo que muda na paisagem. As marcas dos fogos têm um grande impacto e fico sempre a pensar no porquê de ter acontecido.

A vila em si não é apenas uma vila, transmite tranquilidade e as pessoas são extremamente simpáticas. Tem um pouco de tudo, desde supermercados a cafés/bar, as melhores “lontras” e os melhores sítios para visitar. Como é o caso das Aldeias de Xisto da Serra da Lousã.  Ainda não visitamos todas, mas até agora adorei a todas e gostava de ter uma casinha numa delas (risos)….

Read More

↑ Top of Page