11 Meses De Tuquinha – Os momentos mais difícies

Nunca ninguém disse que ser mãe era fácil, nunca ninguém explicou em concreto o que é ser mãe, nem eu que sou consigo-vos explicar isso, porque depende de pessoa para pessoa. Como sabem, ser mãe não estava nos planos, mas a vida da voltas e voltas, e sinceramente não me arrependo de nada (só às vezes).

 

Existem momentos que têm sido fantásticos, nunca tive razões de queixa a amamentar, visto que ele ainda continua e duvido que pare tão depressa. Acordo várias vezes de noite, mas é algo que aguento bem durante o dia, e a alimentação tem sido fantástica. Come imenso para um corpo tão pequenino e até agora ainda não vimos nada que ele não gostasse. É um devorador de feijões e arroz.
Para mim os piores momentos são sem dúvida os dentes a nascerem, aí é quando vira o jogo.

 

É muito giro dizer, o meu deus já tem quatro dentinhos que fofinho, mas ninguém fala no por de trás do nascer dos dentes. São birras a toda a hora, o pequeno está sempre desconfortável, é raro dormir como deve ser, a febre e a obstipação. É tudo junto num curto espaço de tempo.

 Ele fica muito chato e com razão porque não é fácil, as dores são muitas e nota-se que lhe custa. Agora resta esperar, dar-lhe atenção, brinquedos para aliviar e estar bastante atenta ao que se passa. Em quase um ano de existência de tuquinha, posso garantir-vos que para mim os piores momentos são quando nascem os dentes. Ninguém disse que era simples, mas não é um bicho de sete cabeças.

Fiquem cientes que a maternidade não é como nos filmes um mar de rosas, existem muitas coisas que nunca são mostradas ou contadas (risos).

Acreditam que ele está quase a fazer um ano? Eu não :b

42 Comments

  1. Eu nem acredito! Como passou depressa! Ainda bem que só tens dificuldades com os dentes. Há mães que têm várias. Não estavas contar com isso mas houve quem acreditasse que eras a pessoa ideal para ser mãe do tuquinha. É um pequeno afortunado. Beijinhos

  2. Acredito que seja uma altura bastante complicada, dizem que se fosse um adulto a passar por essas dores, não aguentaria tão bem! As melhoras para o baby! *

  3. Esta altura é mesmo chata para eles e para os pais, porque querem minimizar as dores e o desconforto e nem sempre é possível!
    As fotos estão tão lindas *.*

    r: Muito obrigada pela dica, minha querida, vou ficar atenta 😀

  4. Esse post me lembra uma postagem de uma certa digital influencer, que via as mamãe dando mamar para o filho de uma forma tão delicada e fácil, mas na verdade ela disse que não é nada disso, muito pelo contrário, o seio até fere =( mas deve ser muito bom a maternidade, aproveita ♥

    De Repente Moda

  5. Partilho a mesma sensação perante uma anterior e definitiva afirmação de que nunca desejava ter filhos. No entanto, isso muda conforme os contextos que surgem posteriormente. Claro, no futuro distante que me aguarda. Adorei o detalhe “(só ás vezes)”, ri um pouco. Deve ser uma jornada maravilhosa acompanhá-lo. Que bom que ele consegue comer o suficiente para manter-se forte e saudável! Eu conhecia uma história semelhante sobre os dentes, antes não tinha a noção de que era tão doloroso até conhecer um caso catastrófico. São fases, deve ser complicado assistir à dor dele, mas vai ficar lindo =) Continua a cuidar de ti com muito afinco, apesar das poucas horas a dormir! A maternidade é uma lição de vida, completamente!

  6. Em primeiro lugar, parabens! A ele é a ti, que és sem dúvida uma valente, uma Mãe com um M bem grande e aposto que o provas todos os dias!
    Depois dizer-te que, apesar de não ter filhos, conheço de perto essa dificuldade gigante dos sentindo-a a nascer, pobrezinhos 🙁
    Um mega beijinho e que venham muitos mais meses e anos ♥️

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: